Por quê Quadrinhos?

Por que Quadrinhos?

 

Temos em nós um espaço para a imaginação, queremos fantasiar algo, sempre.

Ser leitor de quadrinhos nos proporciona isso, nos faz imaginar como nossa vida seria diferente ou como pode ser.

Podemos analisar comportamentos, sociedades, podemos comparar políticas e, claro, a arte.

Nas histórias em quadrinhos temos uma grande diferença em relação à literatura, pois temos um elemento que se multiplica a cada era. A narrativa vem de várias formas e complementa todo o texto, geralmente definido como falas, pensamentos e recordatórios.

A divisão de cenas e acontecimentos hoje não é mais somente em quadros assimétricos e é aí que a diversidade está mais uma vez presente nessa arte.

Escrever e desenhar são duas formas diferentes de contar uma história, até mesmo mais de duas, ainda não há limite para o desenvolvimento de uma HQ, que conta desde sua capa até a disposição de posicionamento das folhas.

Em uma história em quadrinhos temos grande referências aos Heróis, mas no Brasil, há algum tempo, vem sendo criado na área independente muitos contos sobre o nosso cotidiano. Essa aproximação com a vida do brasileiro e a realidade do país é extremamente saudável e esclarecedora em muitos momentos. Temos uma gama enorme de assuntos sendo tratados nesses “gibis” tais como relacionamentos amorosos, familiares, sociais, luta pela liberdade de expressão e expressões sexuais. Artistas como Shiko, Marcelo Quintanilha, Aline Prado, Samanta Flôor e Vitor Cafaggi são ótimos exemplos de como o Brasil tem um potencial já atingido de um grande produto de histórias para um público tradicional de leitores e também para novos apreciadores de artes e cultura de formas variadas, possibilitando que todos venham a apreciar a Nona Arte.

Tiras, Cartoons e charges são bem conhecidos dos brasileiros há anos por fazerem parte do conteúdo de quase todos os jornais vendidos no país, por estarem presentes em livros didáticos e por descontrair todos os leitores mais atentos em outras formas de impressos.

Devemos fazer uma leitura diferente dos Quadrinhos, neles encontramos parte de nossas vidas e do mundo em que vivemos. Espero que esse mercado continue sua expansão e que a referência que já existe dos nossos artistas chegue a outras populações em todo o planeta.

Se interessou pelo assunto?

Quer conhecer mais sobre HQs e suas múltiplas faces? Fique ligado no HQueijo Comics!

About The Author

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *